segunda-feira, 17 de junho de 2013

MARIA HERMÍNIA DE AGUIAR OLIVEIRA


     80 ANOS DE NASCIMENTO

        
Maria Hermínia de Aguiar Oliveira, filha de Manoel Gomes de Aguiar e Maria Anita do Nascimento Aguiar,
nasceu em 19 de junho de 1933 na Fazenda João Vieira no município de Cedro de São João, e cresceu na Fazenda Brejinho, em Malhada dos Bois, no estado de Sergipe.
Sua mãe lhe ensinava em casa, e quando passou a freqüentar a escola já sabia ler e escrever.
Estudou inicialmente numa escola pública em Malhada dos Bois, com as professoras Maria do Carmo e Valdice, ambas com diploma de Curso Normal. Depois estudou um ano, em regime de internato, no Colégio Nossa Senhora das Graças em Própria.
Por questão de economia, ela e seus irmãos passaram a estudar na Escola Nossa Senhora do Carmo, na Fazenda Brejinho, escola criada por seu pai e seus primos Daniel e Romeu Figueiredo, vizinhos de propriedade. Como essa escola era particular, para Maria Hermínia obter o Certificado de conclusão do curso primário submeteu-se a provas em Cedro de São João. Aprovada, começou a estudar o Curso Normal em Própria, no Colégio Nossa Senhora das Graças. Um ano antes de se formar, noivou e suspendeu os estudos, pois seu pai entendia que se ela queria casar não deveria estudar, mas se preparar para o casamento.
Casou-se com Luis Alves de Oliveira, em 1950, com quem viveu por toda a vida.  

Esposa e mãe amorosa, atenta e dedicada, deu a luz a quatorze filhos, todos cidadãos de destaque por suas profissões, pela capacidade técnica, pela ética e honradez. Além desses filhos, muitos outros a consideravam como mãe, pelo acolhimento maternal que sempre tiveram.
Trabalhadora incansável, no dia a dia acompanhava os trabalhos escolares dos filhos e irmãos mais novos que vinham prosseguir os estudos na capital, costurava para todos e preparava com rapidez e habilidade as mais deliciosas refeições. Tudo que ela fazia era extremamente saboroso.
Além do cuidado com a família, acolhia parentes, amigos ou pessoas que vinham do interior esse hospedavam em sua casa até terminarem os tratamentos médicos de que necessitavam
Maria Hermínia,mulher de grandes virtudes sempre muito bondosa e dócil, sem perder, entretanto a sua altivez e dignidade. Personalidade marcante e sensibilidade aguçada capaz de perceber os mais ocultos sentimentos, os mais profundos desejos. Altruísta, não media esforços para minorar sofrimentos e possibilitar a realização de sonhos.
Defensora dos mais fracos, mediava, conciliava e procurava restabelecer a paz. Consoladora, nos momentos mais difíceis, nas situações mais complicadas e dolorosas ela e seu esposo Luis Alves sempre foram o ombro amigo a oferecer o apoio necessário.
Esquecer suas dores e seu cansaço para cuidar, para servir ou simplesmente tornar o outro mais feliz, esse era seu modo de viver.
Maria Hermínia foi uma Terapeuta, tanto na linha dos antigos Terapeutas de Alexandria como na conceituação do filósofo Platão.
Foi também uma Engenheira nata, projetava, desenhava e comandava a execução de obras e de reformas em sua casa e na de quem solicitasse seu apoio.
Cerimonialista, planejava, organizava, orientava e comandava a execução das festas da grande família, a começar pela ornamentação dos ambientes, pelo preparo dos bolos, com muitas camadas ou andares, todos primorosamente confeitados, e pela confecção de caixetas que aninhavam os mais finos doces feitos por ela.
Estilista, criava, desenhava e costurava todas as vestes nas festas da família: primeira comunhão, quinze anos, bodas de prata, formaturas e inclusive os vestidos de noivas nos casamentos.
Exímia Pintora deixou um importante acervo de belíssimas telas nos mais diversos estilos.
Maria Hermínia nunca guardou dinheiro. Ela gostava muito de presentear e não conseguia ser indiferente às necessidades do próximo.
Educadora desde a mais tenra idade, sem, no entanto, assumir cátedra alguma. Sempre defendeu o princípio de que, toda criança é boa, é inteligente e deseja aprender, cabe aos pais e educadores descobrirem e ressaltarem essas qualidades para que a criança sinta que é valorizada. Dizia ela que toda criança necessita ter a certeza de que depois das tarefas escolares terá seu horário para brincar. A criança precisa e deve ser criança.
Tinha um amor muito especial pelas crianças, pelos pobres e desamparados. Penalizada com tantas crianças abandonadas nas ruas, sem estudar nem ter o que comer, desejava montar uma instituição social de apoio ao menor desamparado. Quando lhe sobreveio a doença que mais tarde lhe ceifou a vida, em 08 de junho de 2000, lamentava não ter conseguido construir sua creche.
Foi Maria Hermínia de Aguiar Oliveira uma personificação do amor puro e desinteressado. Alguém que viveu no tempo atual, em nosso meio e que doava sua energia, sua força, sua vida pela alegria e a felicidade dos outros.
É Maria Hermínia um exemplo para todos nós.

Antonia Roza de Aguiar Menezes

Nota - dados fornecidos por sua irmã e contemporânea Maria José de Aguiar Silva

23 comentários:

  1. Achamos lindo e perfeito, pois nossa madrinha era isso tudo mesmo!
    Que Deus a tenha, e com certeza ela está no céu brilhando como uma estrela que sempre foi...
    Amor eterno é o que sentimos!
    Suas afilhadas, Niu e Marília

    ResponderExcluir
  2. Primeiro evitei ler e fugindo corri os olhos nas outras lindas homenagens . Depois enfrentei, me enebriando e acolhendo minhas lágrimas de gratidão... Obrigada Mamãe por me amar incondicionalmente, por me ensinar com seu exemplo! Emoção..... profunda emoção..... Anete Hermínia

    ResponderExcluir
  3. Primeiro evitei ler e fugindo corri os olhos nas outras lindas homenagens . Depois enfrentei, me enebriando e acolhendo minhas lágrimas de gratidão... Obrigada Mamãe por me amar incondicionalmente, por me ensinar com seu exemplo! Emoção..... profunda emoção..... Anete Hermínia

    ResponderExcluir
  4. "Esquecer suas dores e seu cansaço para cuidar, para servir ou simplesmente tornar o outro mais feliz, esse era seu modo de viver". Essa era a minha amada avó.

    Parabéns pela homenagem tia Roza!

    ResponderExcluir
  5. Minha avó, minha madrinha, meu modelo!
    Estou emocionada e saudosa!
    Tenho orgulho de ser uma Hermínia!

    Obrigada Tia Roza por essa homenagem!

    Fernanda Hermínia

    ResponderExcluir
  6. Lendo essa linda mensagem lembrei-me da temporada que passei na casa da praia logo apos minha mae noa deixar. E foi nesse período que ela me mostrou que eu gostava quiabo simplesmente pq adorava caruru. Nao fazia ideia que caruru era feito com quiabo e no dia Alaide estava preparando tal para um evento ( q nao ne recordo) e ela me levou ate a cozinha para me mostrar que o caruru era somente quiabo. Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até hoje não consegui iidentificar quem é o autor deste comentário. Se possível, diga-me seu nome. Muito grata. Antonia Roza

      Excluir
  7. Feliz, abençoada e privilegiada é a pessoa que tem a chance de conhecer uma alma tão generosa, sensível e bela como a tua. Eternamente grato serei por ter vivido ao lado de uma mulher imcomparável e inesquecível.
    A senhora viveu dignamente! E dignamente manteremos as boas lembranças!!!

    A sua ausência nos causa profunda tristeza, mas relembrar as alegrias que a senhora gerou entre nós é como se aqui estivesse presente.
    Sentimos falta. Mas sabemos que as alegrias vividas sempre farão parte de nossos corações! Saudades sempre.

    Paulo Augusto

    ResponderExcluir
  8. Também estou muito emocionada tia...como a senhora conseguiu descrever tão bem o jeito de ser de mamãe...encheu meu peito de amor!

    Grata!!!

    Afra

    ResponderExcluir
  9. Maria Hermínia! ainda não conheci um ser humano com tamanha capacidade de se doar! Comprometida com a evolução do ser humano,um cuidado com as plantas e os animais,dotada de um profundo saber intuitivo, forte herança do seu pai,Maneca! Compaixão com os mais necessitados e elegância fina com os mais dotados.Quem a conheceu sabe que ela acolhia e recebia em seu lar, desde o governador à familia do caseiro, com a mesma distinção e amor! Que privilégio vir ao mundo por esse ser humano encantador! Muito obrigada mamãe! Muito obrigada Tia Roza por essa oportunidade de realçar esse sentimento tão gratificante! Angélica Hermínia

    ResponderExcluir
  10. Anita Fatima de Aguiar diz em:18/06/2013

    Mulher brilhante, sua existência foi toda dedicada em procurar fazer a felicidades dos seus semelhantes, independente de ser da sua família.Professora, não de formação pedagógica, mas sim de alma,já ensinava a todos nós que a melhor maneira de educar era o incentivo´elogio´e, com amor, mostrar as responsabilidades.Por fim quero agradecer a Deus por ter colocado em minha vida uma pessoa tão especial.19-06-2013.
    Anita Fátima de Aguiar

    ResponderExcluir
  11. Uma eterna mulher que vive em todos que amou e ajudou e continua nos descendentes de todos,mesmos dos que não a conheceram. Uma verdadeira filha de Maria,Maria que é.
    Manuel Hermínio

    ResponderExcluir
  12. Manoel Luis diz:
    Minha irmã faria 80 anos, hoje

    O mar espera o sol esquentar suas águas, o vento soprar suas ondas para aumentar o alcance da maré, e ele,o mar, na sua imensidão, rende-se em espumas homenagem a você, sim, Deus a levou mas suas pegadas ficaram gravadas nas almas dos que tiveram o prazer de te conhecer,e mais ainda dos que com você conviveram, NENEM.

    Adjetivos se atropelam de tal maneira que o tão esperado “bom”, fica pequeno para; magnífica, esplêndida, maravilhosa e mesmo esses não definem quem foi você, como filha, irmã, esposa, mãe, tia, madrinha, amiga, dona de casa, pintora conselheira... Ficarei escrevendo horas e não acharei algo a sua altura, então repetirei um chamado que Luiz, seguido de Anita, Aldete, Manuel, Carlos, Anete, Angélica, Ana, Arlene, Alaíde, Eugenia, Eugenio, Afra e Andréia repetiram por muitas vezes, mas que todos gostariam que tivessem sido muito mais,”MAMÃE”, foi o que fostes para todos nós.

    No vagar dos meus embaralhados pensamentos, procura algo relevante sobre você, tal é minha surpresa o de não conseguir algo mais, ou menos importante para narrar sobre sua vida, pois todos formaram uma obra única e relevante em todos os sentidos, porem, deixarei escrito um dos seus ensinamentos, que foi; “Procuras sempre enaltecer as qualidades, pois quando elogias a pessoa vai buscar sempre melhor dela”.

    Obrigado, minha irmã, por tudo que fizestes por mim, e continuas fazendo, com seus exemplos e por família maravilhosa que deixastes, uma dinastia, “ os HERMÍNIOS”. Sei que onde estiver continuas olhando e protegendo a todos. Copiando um pensador antigo, direi; A tristeza de ter visto você partir, não vai tirar a alegria dos anos que a tive comigo. Descansa Maria Hermínia no dia do aniversário de oitenta anos.

    Manno

    ResponderExcluir
  13. Sou Eugênia sua 11ª filha...deste universo de mais de 70...Começo agradecendo a Tia Roza .. pela convocação a não nos dispersar ... a começar a sentir o seu perfume ... parabéns pelo seu Aniversário!!Que os raios do sol esquentem seu coração iluminem sua existência!!Que você sempre exale sua essência ! Agradeço que a biografia de mamãe seja exalada por você com a parceria da tia teté,e por sentir que os blogueiros e comentaristas sintonizam na onda de amor ..MARIA HERMÌNIA... ser gerada em uma aura da partilha ..imagina o que é a largueza da generosidade ... de uma mão não saber o que a outra faz...do colorido da infância não saboreada,mas doada, da continência as dores contidas, do acolhimento incondicional, da sobra da vitalidade, doação,do sorriso inocente, do 1º banho de cada um dos 35 netos , como se não tivesse dado banho de 14 filhos....agradeço a DEUS, a MARIA HERMÌNIA por tão intensamente e nos motivar A ENTREGA...E AO AMOR E a nutrir esta pulsão de vida em todos nós! Um abraço...

    ResponderExcluir
  14. Sou Eugênia sua 11ª filha...deste universo de mais de 70...Começo agradecendo a Tia Roza .. pela convocação a não nos dispersar ... a começar a sentir o seu perfume ... parabéns pelo seu Aniversário!!Que os raios do sol esquentem seu coração iluminem sua existência!!Que você sempre exale sua essência ! Agradeço que a biografia de mamãe seja exalada por você com a parceria da tia teté,e por sentir que os blogueiros e comentaristas sintonizam na onda de amor ..MARIA HERMÌNIA... ser gerada em uma aura da partilha ..imagina o que é a largueza da generosidade ... de uma mão não saber o que a outra faz...do colorido da infância não saboreada,mas doada, da continência as dores contidas, do acolhimento incondicional, da sobra da vitalidade, doação,do sorriso inocente, do 1º banho de cada um dos 35 netos , como se não tivesse dado banho de 14 filhos....agradeço a DEUS, a MARIA HERMÌNIA por tão intensamente e nos motivar A ENTREGA...E AO AMOR E a nutrir esta pulsão de vida em todos nós! Um abraço...

    ResponderExcluir
  15. Em homenagem aos 80 anos de Nenem minha irmã, como eu a chamava vou contar uma passagem de nós duas: quando crianças, ajudávamos a mamãe nas tarefa de casa, mas sempre brigávamos e mamãe só dava razão a Nenem;Dizia que eu era quem encrencava com ela, eu ficava aborrecida e reclamando, então mamãe dizia: Nenem tem tanto medo de apanhar, que faz tanta caretas que eu fico com medo e não bato nela. Eu fiquei calada e de outra vez que estávamos discutindo, lá vem mamãe, eu então comecei a fazer caretas, quanto mais eu fazia caretas mas ela me dava chinelada, eu então falei: é assim que a srª tem medo de caretas? Quando foi a noite eu escutei ela contando a papai e ele rindo para valer.
    Nenem onde você estiver me perdoe, pois era eu mesmo que encrencava... rsrssrsrsrsr!
    Descanse em PAZ, sua irmã Teté.
    Att:
    Teté

    ResponderExcluir
  16. CARLOS HERMÍNIO diz:


    Maria Hermínia fonte do saber,
    Da amizade, do companheirismo,
    Da fraternidade, da bondade,
    Do amor e da sinceridade.

    80 anos estaria fazendo hoje,
    13 anos se passaram sem sua presença física entre nós,
    porém a sua marca, a sua força, o seu dom e as suas atitudes,
    estão dentro de todos os nós,
    e fico feliz em ter tido uma mãe tão graciosa e preocupada com nosso futuro,
    com nossa saúde e nossa capacidade de ajudar ao crescimento das pessoas.

    Obrigado, meu Deus pelo dom que nos deu de ter sido gerado por uma mãe que ajudou a todos,
    Mas em especial ao meu saudoso pai Luiz Alves, um grande homem, mas que teve uma GRANDE MULHER a seu lado, para ajudar no seu crescimento profissional e no seu dever de fazer com que todos nós crescêssemos na vida, com a nobre missão de contribuir para o desenvolvimento de nossas famílias e da nossa sociedade.

    Obrigado também meu Deus, pela oportunidade de minha querida filha ANA LUIZA ter nascido no mesmo dia da nossa mãe, e que ela guarde e se inspire na vida da sua inesquecível vó, para que seja sempre uma pessoa radiante, feliz e solícita para todos nós!

    VIVA 19 DE JUNHO!

    CARLOS HERMÍNIO E FAMILIA

    ResponderExcluir
  17. MARIA JOSÉ DE AGUIAR SILVA disse:

    Comadre Roza, a biografia que a Sra. escreveu de Nenem, minha irmã, saiu tão perfeita e real, que não há mais nada a acrescentar, só temos que parabenizar a autora. Parabéns, Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  18. MARIA JOSÉ DE AGUIAR SILVA (Teté)diz:

    Em homenagem aos 80 anos de Neném minha irmã, como eu a chamava vou contar uma passagem de nós duas: quando crianças, ajudávamos a mamãe nas tarefa de casa, mas sempre brigávamos e mamãe só dava razão a Neném; Dizia que eu era quem encrencava com ela, eu ficava aborrecida e reclamando, então mamãe dizia: Neném tem tanto medo de apanhar, que faz tantas caretas que eu fico com medo e não bato nela. Eu fiquei calada e de outra vez que estávamos discutindo, lá vem mamãe, eu então comecei a fazer caretas, quanto mais eu fazia caretas mas ela me dava chinelada, eu então falei: é assim que a senhora tem medo de caretas? Quando foi à noite eu escutei ela contando a papai e ele rindo para valer.
    Neném onde você estiver me perdoe, pois era eu mesmo que encrencava... rsrssrsrsrsr!
    Descanse em PAZ, minha irmã.

    De sua irmã Teté.






    ResponderExcluir
  19. Andréa Hermínia disse:

    Tia, muito obrigada por nos presentear com estas belíssimas palavras sobre mamãe, palavras tão singelas como o espírito vivo dela, exemplo de mulher e de pessoa humana, que nos inspira a viver e semear o amor e a compreensão incondicionais... Igualmente bela a iniciativa do Prefeito César que imortalizou esse amor realizando "postumanente", no dizer da senhora, o sonho de Maria Hermínia. Aquelas paredes emanarão o amor desta grande mulher, assim como no sorriso daquelas crianças brilhará o olhar contemplativo de um novo amanhã...

    ResponderExcluir
  20. Hoje nossa mãe partiu: várias vezes ela me veio à lembrança com seu meigo e risonho olhar ...

    ResponderExcluir
  21. HOJE NENEM COMPLETARIA 85 ANOS. Sua vida foi intensa, cheia de múltiplas atividades , sempre a servir como uma mensageira do amor. Dedicou-se de corpo e alma a seus filhos, a seu esposo, a todos da grande família e até a amigos e conhecidos, sempre às necessidades e aos mais ocultos anseios de cada um. Esquecia seu cansaço e suas dores para acudir e para prestigiar aos outros. Eu , Zequinha e nossa descendência somos eternamente gratos a esse ser humano de qualidades infinitas. Que Deus a recompense por seus feitos aqui na terra e, por seus méritos, continue a proteger sua família. Descanse em paz , Neném.

    ResponderExcluir
  22. No dia 19 de junho de 1933, nascia Maria Hermínia que nos trouxe ao mundo juntamente com uma bela prole de 13 irmãos. Deixou um legado de amor a todos nós e ao próximo, dedicação e carinho para com todos que com seu afeto acalentava e dava força e coragem para vencer seus desafios. Quis o destino que 50 anos depois, em 19 de junho de 1983, nascesse nossa filha mais velha, Ana Luiza, que herdou as virtudes da avó Neném, e que fez vir ao mundo 2 belas Marias: Luiza e Clara. Que Deus guie Ana Luiza, na mesma direção da nossa saudosa mãe e lhe dê muitos anos de vida!👏👏👏👏

    ResponderExcluir